No Brasil, devido à diversidade climática e às bruscas alterações de temperatura, o uso de roupas apropriadas durante os treinos de ciclismo é fundamental. Nesse sentido, vale destacar que a escolha da vestimenta mais adequada, como uma camisa segunda pele, ou, base layer como também é chamado, deve ser feita levando em consideração não somente a aparência.

Com diversas alternativas que aliam conforto e tecnologia, os trajes para ciclistas são cada vez mais relevantes na obtenção de uma boa performance. Além disso, alguns desses itens são essenciais para evitar a interrupção dos treinos diante de condições de temperatura adversas ou com variações constantes.

Pensando nisso, hoje falaremos sobre a camisa segunda pele, peça térmica que é fundamental para qualquer ciclista atualmente. Acompanhe e descubra os benefícios do item!

Por que a segunda pele é importante?

Oferece segurança

O uso desse tipo de artigo é tão relevante exatamente pela sua influência em vários aspectos. O primeiro ponto a se ponderar, assim como deve acontecer em qualquer prática esportiva, é a segurança do atleta, e isso vale para profissionais e amadores.

Em relação a esse fator, a camisa térmica tem papel crucial. Isso acontece porque uma das suas características mais importantes é impedir que as condições do meio externo tenham influência direta na temperatura corporal do esportista, evitando que ele sofra danos.

Além disso, como essa vestimenta fica bastante colada ao corpo, diminui as chances de ocorrer algum acidente como, por exemplo, prender em algum objeto pontiagudo.

Garante mais conforto

O fato de a camisa segunda pele ficar bem afixada ao corpo também gera mais conforto, aspecto que é essencial para que o cliclista tenha um bom desempenho.

Elas geram menos atrito com o vento, são mais leves que a maioria das outras roupas comumente utilizadas na prática desse esporte e não causam nenhum tipo de desconforto. Aliás, o conforto é importantíssimo para que o atleta consiga imprimir todo o seu potencial durante as suas pedaladas.

Roupas pesadas ou que causam qualquer tipo de incômodo acabam fazendo com que o ciclista perca a agilidade em seus movimentos. Com isso, a performance é prejudicada! Ou seja, a utilização desse artigo não gera apenas mais comodidade, mas também aprimora o rendimento.

Apresenta muita versatilidade

Um dos pontos mais interessantes dessa roupa é a versatilidade, pois ela proporciona benefícios ao ciclista em diferentes ocasiões, especialmente em relação à temperatura. Não é necessário, por exemplo, ter uma peça para cada variação climática, pois uma única camisa auxilia tanto nos dias frios como nos mais quentes.

Proteção e aquecimento em dias frios

Em dias mais frios, é interessante não utilizar muita vestimenta, pois o corpo aumenta a temperatura naturalmente quando está em movimento intenso. Dessa forma, um superaquecimento pode causar incômodo e até mesmo interromper o treino.

Nesse sentido, o uso da camisa segunda pele ajuda a manter o calor corporal por meio do isolamento térmico, ou seja, armazenando a energia do corpo. Além disso, favorece a evaporação do suor e evita o acúmulo de umidade, diminuindo a sensação de frio, geralmente causada por trajes excessivamente molhados.

Utilizada em conjunto com outras peças, como o jersey, casaco e colete, esse item oferece maior proteção contra a temperatura externa, mantendo o organismo aquecido e minimizando a incidência de resfriados. Acessórios como manguitos e pernitos também são frequentemente utilizados para afastar o frio.

Benefícios da camisa térmica também em dias quentes

Confeccionada em tecido altamente tecnológico, esse tipo de camisa também tem importantes funções em dias quentes. Ela conta com a proteção contra os raios UV, que são grandes vilões na prática do ciclismo ao ar livre e os principais causadores do câncer de pele — um dos tipos dessa doença que mais matam no mundo.

Como possuem um excelente sistema de evaporação, essas camisas são de extrema importância na prática do ciclismo em temperaturas elevadas, já que a umidade em excesso dificulta o controle da temperatura corporal.

Com isso, a transpiração em um ritmo normal permite o resfriamento do corpo diante de altas temperaturas externas, possibilitando que a temperatura interna possa permanecer inferior à do ambiente.

O excesso de umidade também favorece a proliferação de fungos e bactérias nas roupas, e isso, além de ocasionar mau cheiro e manchas, também pode provocar micoses. Contudo, todos esses problemas são eliminados se a roupa utilizada permitir uma boa transpiração.

Potencializa o seu rendimento

O ciclismo está entre os esportes que mais ganharam novos adeptos nos últimos anos no Brasil. Na verdade, além daqueles que gostam dessa prática esportiva em si, a bicicleta também é muito utilizada por quem quer fugir dos engarrafamentos dos grandes centros urbanos.

No entanto, muitas pessoas não se preocupam com o que vestirão durante as pedaladas. Porém, a prática do ciclismo com roupas inadequadas pode causar alguns problemas. Assim, utilizar peças criadas exclusivamente para essa modalidade traz muitas vantagens e proporciona uma grande melhora no rendimento.

Como escolher a camisa segunda pele ideal?

No momento de escolher esse item, é um equívoco pensar exclusivamente na questão estética, como fazem alguns ciclistas. Na verdade, é possível aliar beleza e conforto, mas o segundo fator deve sempre ser considerado mais relevante.

Por isso, é essencial optar por um tamanho que realmente fique bem colado ao corpo, mas que não gere desconforto, principalmente nas partes mais exigidas durante a prática esportiva.

Em relação à cor desse traje, obviamente, isso deve ficar a critério de quem vai utilizá-la. Contudo, especialmente para quem pedala fora das ciclovias, uma boa dica é escolher uma peça de uma tonalidade mais escura, que possa ser facilmente enxergada pelos pedestres e pelos motoristas.

Como vimos, além do controle da temperatura em meio às adversidades climáticas, a camisa segunda pele também protege contra a exposição solar e evita a proliferação de fungos e bactérias. Por isso, esse item não pode ficar de fora do armário dos ciclistas, principalmente daqueles que treinam durante todas as estações do ano.

Gostou do texto? Ele tirou as suas dúvidas sobre essa vestimenta tão importante para qualquer ciclista? Então, que tal assinar a nossa newsletter e receber em primeira mão todas as nossas novidades e conteúdos exclusivos?