Os pneus são uma parte fundamental do rendimento e da segurança do atleta de ciclismo. São eles os responsáveis por gerar tração na pista e consequentemente facilitar a sua condução em toda prova, passeio ou treino.

Muitas pessoas têm dificuldades em escolher peças para bicicletas, e como nós sabemos que essa é uma questão relativamente complexa de responder, hoje nós vamos abordar alguns dos principais pontos que você deve se atentar ao fazer a sua escolha de pneus.

Ficou interessado em saber mais? Continue lendo!

Como escolher o diâmetro dos pneus?

O jeito mais simples de saber qual é o diâmetro dos pneus da sua bicicleta é olhando nas laterais dos pneus que já lá. Neles nós podemos observar alguns números que costumam vir no seguinte formato: 26 x 1.5. O primeiro número 26 se refere ao tamanho do aro da sua bicicleta. Já o segundo número, este se refere à largura do seu pneu.

Como todo ciclista sabe, o diâmetro do aro da sua bicicleta afeta consideravelmente o seu desempenho esportivo. Aros maiores costumam ter mais facilidade para atravessar obstáculos, e os aros menores costumam ser mais leves e mais ágeis que as bicicletas maiores.

Essa escolha depende exclusivamente da prática e do atleta em questão. Por muitas vezes, essa escolha é pessoal.

Como a largura dos pneus afeta a sua condução?

A largura dos pneus é responsável por diversas características de condução da sua bicicleta. Eles afetam o conforto, a aderência e até mesmo o arrasto da sua bike.

No geral, pneus mais largos oferecem mais estabilidade e aderência (tanto em retas como em curvas). E os pneus mais finos oferecem um “deslize” maior entre a bicicleta e o asfalto – o que resulta em uma condução sensivelmente mais rápida.

Porém, é importante ressaltar que os dois pneus também apresentam pontos negativos. Os pneus mais largos são mais pesados, e os pneus mais finos são bem menos resistentes a qualquer dano.

Para que você saiba fazer a distinção correta sobre qual pneu escolher, é fundamental que você saiba exatamente qual é o tipo de terreno que você irá pedalar na maior parte do tempo.

No geral, os pneus com largura de 1.0 a 1.6 são recomendados para o ciclista que irá pedalar mais tempo no asfalto. Já os pneus com 1.7 a 2.0 de largura são ideais para a prática de Cross-country. E por fim, os pneus com uma largura acima de 2.1 têm a largura correta para a prática de Downhill.

Quais são os pneus mais utilizados no ciclismo?

Agora que você sabe o básico a respeito dos pneus, nós vamos abordar alguns tipos de pneus que são muito comuns no ciclismo. São eles: os pneus Slick, os pneus Semi Slick, os pneus Cross-country, os pneus Mud e os pneus Downhill.

Os pneus Slick são pneus lisos que se adequam perfeitamente para o asfalto. Nesse tipo de solo, esses pneus apresentam um desempenho alto e são recomendados para as pessoas que costumam pedalar apenas em cidades nas ciclovias ou na rua.

Os pneus Semi Slick são os pneus que apresentam o meio termo entre pneus para trilha e pneus para asfalto. E nesse caso, eles são recomendados para as pessoas que costumam realizar duas atividades com a sua bike: a tradicional pedalada de final de semana, e as famosas trilhas que costumam tomar conta algumas vezes por mês.

Já os pneus Cross-country e os pneus Mud, são recomendados apenas para ciclistas que fazem trilhas com muitos obstáculos (no caso do Cross-country) ou para os ciclistas que realizam trilhas molhadas com barro (no caso dos pneus Mud). Esse pneu não é recomendado para uso no asfalto.

Por fim, nós temos os pneus para Downhill, que são utilizados apenas para essa prática. Eles são a escolha certa para bicicletas próprias para Downhill, tendo em vista que alguns quadros não suportam as medidas desse tipo de pneu, que é bem mais robusto que os anteriores.

Gostou do nosso conteúdo? Para receber informações sempre atualizadas, assine nossa newsletter!