Os óculos para ciclismo não são apenas acessórios de moda, mas também itens essenciais do kit de qualquer ciclista ou de quem vai começar a praticar o esporte. Desenvolvidos com o intuito de proteger os olhos de raios solares, areia, pedras que podem ser atiradas pelo movimento dos pneus e até insetos, os óculos tornam a prática do ciclismo mais segura e confortável.

Armações mais leves, lentes inquebráveis de diferentes cores e revestimentos são apenas algumas das características desse acessório essencial. Se você está à procura do modelo perfeito para pedalar por aí, continue lendo, pois explicaremos tudo sobre as lentes e seus usos!

Como escolher óculos para ciclismo?

Tenha em mente que, ao procurar por um bom óculos voltado para a prática do ciclismo, ele deve ser confortável, garantindo uma atividade tranquila e sem adversidades.

Ao comprar seus óculos para ciclismo, busque os que possuam lentes com fatores UVA e UVB, que protegem seus olhos do sol e do ressecamento ocular, por exemplo. Outra dica é procurar por lentes que sejam resistentes a impactos e que não se estilhacem, como as de policarbonato ou NXT.

Só não se esqueça de escolher uma lente que não embace! Muitos modelos possuem revestimentos específicos contra esse fator e ainda contam com sistemas de ventilação junto à armação.

Outro grande diferencial são as armações com lentes intercambiáveis. Elas possuem um perfil mais flexível e um sistema de travamento que permite a troca de lentes para as variações de luminosidade. Perfeito, não é mesmo?

Por fim, atente-se à cor da lente para as diversas condições climáticas. Muito mais do que estilo, este fator também é de fundamental importância. Listamos abaixo alguns tipos de lente e suas indicações de usos:

Lentes Escuras

Esse tipo de lente é recomendado para todos os ambientes e é ideal para pedalar em estradas e trilhas com muita claridade, pois aumenta a filtragem de raios solares, suavizando a luz que chega aos olhos do atleta, ao passo que não altera as cores dos objetos pelo caminho. Além disso, esses modelos são capazes de aumentar o contraste e a percepção de profundidade.

Lentes Claras

Amarelas

Essas são perfeitas para condições de baixa luminosidade. Como a cor da lente aumenta o contraste, fica mais fácil detectar as irregularidades presentes no terreno. São ideais também para os dias mais chuvosos e nublados, com pouco sol.

Transparentes

Uma vez que as lentes transparentes permitem que quase todos os raios de luz atravessem, o seu uso é indicado apenas para a prática noturna. O seu poder está em proteger os olhos não dos raios solares, mas sim de insetos, vento, folhas e detritos, por exemplo.

Lentes Fotocromáticas

Essas lentes se adaptam a diferentes ambientes, variando sua tonalidade entre claro e escuro. São excelentes para condições de alta variação de luminosidade, como numa região muito arborizada, por exemplo, onde ocorre a intermitência da passagem de luz entre as copas das árvores. Com elas, o ciclista não precisará trocar de óculos, sendo muito práticas e convenientes!

Muitos ciclistas passam horas pensando nas roupas específicas, nas características da bicicleta, nos capacetes e até no que vão comer durante as pedaladas, mas muitas vezes se esquecem do quão igualmente importantes são os óculos para ciclismo.

Existem diversos modelos no mercado, em uma grande variedade de estilos, cores e preços. Agora que você já sabe como escolher o modelo de óculos ideal para proteger os olhos, não deixe de conferir também como evitar outras lesões no ciclismo