A bicicleta como forma de locomoção vem se tornando uma prática cada vez mais comum nas grandes cidades. As pessoas optam por este meio de transporte para fugir de trânsitos intensos, tornando o deslocamento mais prazeroso e menos estressante. Existem também os amantes da prática do ciclismo que buscam bem-estar físico.

Ambas as situações possuem a bicicleta em comum, mas qual a roupa ideal para andar de bicicleta? Escolher uma roupa de qualidade vai além do seu rendimento esportivo. A roupa também protege o ciclista, melhora sua performance e ajuda na aerodinâmica, uma vez que diminui o atrito do vento com o corpo.

Quer saber mais sobre roupas para andar de bicicleta? Veja algumas dicas no texto de hoje!

Comece pela segurança

O uso de equipamentos como capacetes e luvas pode evitar acidentes e até incômodos que podem ser tão significativos a ponto de interromper uma trilha, por exemplo. Usar roupas coloridas e até mesmo com faixas reflexivas também podem salvar o ciclista de enrascadas no asfalto e fora dele.

Ser visto pelo caminho é tão importante quanto ver por onde está passando. Então, ao escolher roupas para andar de bicicleta, não se esqueça de alguns detalhes importantes:

Cores marcantes

Independentemente da ocasião, é muito importante lembrar que o ciclista precisa ser visto por carros e por motocicletas. Por isso, a dica é evitar cores camufladas e optar por roupas coloridas que se destaquem. Caso não seja possível, busque acessórios coloridos, como o capacete.

É muito importante lembrar que o ciclista precisa ser visto no período da noite pelos outros condutores. Se este for seu caso, lembre-se do uso de sinalizadores, faróis e pisca alertas. Coletes e faixas reflexivas fluorescentes também podem ser usados. O que importa é que você seja visto em ambientes de pouca luminosidade.

Capacetes

O uso de capacetes é obrigatório independentemente da distância percorrida. Existem vários modelos, que se ajustam bem à cabeça e que permitem ventilação. Vale observar se o capacete escolhido possui certificado de segurança internacional ou se foi homologado pelo Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia). Ajuste-o rente ao queixo e pescoço. Um capacete frouxo não funciona!

Equipamentos

Quanto mais segurança, melhor. E quanto mais proteção, também. Itens como cotoveleira e joelheira podem ser muito úteis na prática esportiva. O mesmo acontece para as luvas, que ajudam a absorver o suor das mãos possibilitando maior firmeza para segurar a bicicleta.

Esteja preparado para mudanças de temperatura

Zelar pela segurança também é estar preparado para exposição ao sol, à chuva, ao trânsito e à rajadas de vento. Por isso, alguns acessórios são essenciais para evitar sufocos desnecessários durante o percurso.

Além da segunda pele, que ajuda a manter a temperatura do corpo sendo ideal para dias frios ou quentes, as jaquetas também podem ser uma boa opção para quem vai encarar ventanias e variações climáticas. 

Casacos especiais podem ser uma boa alternativa, já que esquentam sem abafar o corpo do atleta. Eles também são excelentes acessórios contra chuvas. 

Prefira os que são feitos de material resistente e de qualidade. Não podem ser muito justos, pois serão usadas sobre a malha térmica, nem muito soltos, a ponto de comprometerem sua proteção ou trazerem incômodo para o ciclista.

Dependendo do roteiro, lembre-se também de usar meias térmicas que não tragam transtornos enquanto estiverem dentro do tênis ou da sapatilha.

Escolha as roupas para andar de bicicleta de acordo com o seu perfil

Para potencializar seu rendimento durante as pedaladas, além de bons equipamentos para ciclismo, é fundamental ter roupas para andar de bicicletas adequadas ao seu perfil. 

Quando planejar a compra de sua roupa, pense antes quais peças são necessárias avaliando seu perfil como ciclista. Pedala só nos finais de semana? Todos os dias? Participa de competições? Usa a bicicleta como meio de transporte para o trabalho? Viaja para locais onde há mudança brusca de temperatura?

Independente do seu perfil, é importante focar na escolha das peças certas para que você esteja bem guarnecido e não seja pego de surpresa.

Use a roupa adequada para a ocasião

Um bom preparo antecede qualquer pedalada. Vai para o trabalho? Prefira roupas que secam rapidamente para que você possa utilizá-las limpas no trajeto de volta. Sente muito calor? Prefira as roupas de jersey, favoráveis à ventilação. Vai fazer uma viagem para lugares frios como a Europa? Não se esqueça de levar uma segunda pele para se aquecer e protegê-lo contra a hipotermia.

A bicicleta hoje vem ganhando as ruas como um meio de transporte ambientalmente correto, queridinha de quem não abre mão de se deslocar cuidando da saúde. Por isso, algumas grifes estão oferecendo opções mais descoladas de roupas para andar de bicicleta que também podem ser usadas sem ela. De qualquer forma, tratam-se de materiais confortáveis, bonitos e que oferecem vantagens para a saúde.

Roupas confortáveis

A roupa ideal para o ciclismo é específica para o esporte e possibilita performance maximizando o conforto. As bermudas e os bretelles para o ciclismo tem um forro acolchoado, trabalham a compressão para benefício da circulação sanguínea, além de oferecerem tratamentos antibactericidas e proteção UV. A Assos possui vários modelos disponíveis no Brasil!

As bermudas são a opção para os ciclistas que não gostam da compressão feita pelas alças dos bretelles e os bretelles oferecem uma estabilidade maior no corpo do ciclista e por isso costumam ser a opção daqueles mais experientes.

Os jerseis ou camisas (de manga curta ou longa) devem ser modelados junto ao corpo (justos, mas não apertados!). Devem ser usadas sobre uma segunda pele para melhor absorção do suor e proteção contra as variações climáticas.

No caso dos sapatos, as sapatilhas que se prendem diretamente no pedal proporcionam maior liberdade e leveza. No entanto, se você for caminhar depois de pedalar, os tênis esportivos podem ser utilizados.

Roupas sociais

Se você optou por pedalar como meio de transporte, certamente não usará bermudas e camisas justas. Por isso, você pode optar por tecidos mais leves e blusas que sejam abertas na frente, para possibilitar melhor ventilação e não chegar suado ao seu destino.

Algumas dicas podem ser extremamente úteis para pedalar com roupas de trabalho mais formais: evite calças de boca muito larga, prefira tecidos elásticos, busque peças com tratamento resistente à água e que não retenham calor. Algumas marcas importantes, como a Levis, estão desenvolvendo produtos específicos para essa finalidade.

É muito importante estar atualizado e informado sobre qual a roupa ideal para vestir na hora de pedalar, usar roupas inadequadas podem dificultar a locomoção e ocasionar lesões. Por isso, procure peças que proporcionem segurança, conforto e proteção ao ciclista.

Busque por tecnologia

A tecnologia é uma grande aliada de qualquer prática esportiva. As bicicletas já ostentam isso, com seus diversos dispositivos e acessórios que melhoram o rendimento. 

As roupas também têm ganhado espaço e são sem dúvida uma parte do investimento ideal para quem quer pedalar sem se preocupar.

Existem tecidos feitos para absorve calor, suor, para aderirem melhor ao corpo e ajudarem, inclusive, no condicionamento da temperatura corporal. A proteção contra os raios UV também é encontrada nas peças de melhor qualidade. 

Invista em qualidade

Seja a bike sua companheira diária ou dos finais de semana, tenha em mente que o investimento dela deve se estender às roupas e aos acessórios.

Roupas de qualidade evitam desconfortos recorrentes como sudorese excessiva e mal-estar. Lembre-se de que tecidos de má qualidade podem expor sua pele a fungos e bactérias. Saber o que vestir também é cuidar da saúde.

Use calças e bermudas que estejam em uma boa com o selim

Da mesma forma que qualquer peça que vá escolher, experimente aquelas feitas com tecidos de boa qualidade. A tecnologia destes itens permite vantagens de todos os tipos, especialmente quando tratamos do conforto ao estar sobre o selim.

A pressão exercida nele pelo corpo é normal, portanto, vale a pena investir em bermudas acolchoadas ou com cortes especiais para cada tipo de corpo.

Tenha atenção às roupas íntimas

As roupas íntimas, se mal escolhidas, podem ser como uma pedra no sapato do ciclista durante o treino. 

Por isso, prefira as mais confortáveis, feitas de tecidos como algodão ou microfibra. Atenção às costuras, que também podem tornar o passeio desagradável conforme o passar das horas.

Para as garotas, evitar rendas, sutiãs com bojo aramado e qualquer outro material que, em contato prolongado com o corpo, possa desencadear alergias, é o primeiro passo para se vestir bem para o treino.

Escolha roupas com bolsos e elásticos

Quem não adora um bolso? Muitos modelos de blusas e jaquetas possuem bolsos com zíper nas costas, ótimos para levar chaves, documentos e miudezas essenciais.

Os elásticos na cintura, no caso de blusas e bermudas, também ajudam bastante para que as roupas não fiquem se movimentando no corpo. Isso pode tirar a atenção do ciclista ou fazer com que ele necessite parar várias vezes durante o percurso.

De qualquer forma, esses itens são adicionais e devem ser levados em consideração após a escolha da roupa com tecido de qualidade e com caimento perfeito.

A escolha acertada das roupas para andar de bicicleta pode fazer uma grande diferença durante todo o treino. Antes de comprar sua roupa, pesquise e planeje. Vale a pena conhecer um pouco mais para fazer a melhor escolha.

Lembre-se de que o que fica bem no outro pode não se aplicar a você. Uma boa roupa para andar de bicicleta garante desempenho, segurança e conforto para você render muito mais tempo pedalando!

Gostou das nossas dicas? Se quiser saber mais sobre o que usar ao de andar de bicicleta, confira este post sobre os óculos ideais para ciclismo!