Cada modalidade esportiva tem o seu grande evento. O futebol tem a Copa do Mundo, a Liga dos Campeões e outros torneios continentais. O vôlei tem o Grand Prix e, no automobilismo, cada etapa é um espetáculo. No ciclismo, citamos o Tour de France e o Giro d’Italia, que é assunto deste post.

Vamos conhecer a história dessa que é uma das competições mais antigas do ciclismo mundial. Vamos trazer um pouco de como o Giro d’Italia começou, seu legado e por que está entre os campeonatos mais importantes do planeta.

O início

A história do Giro d’Italia começa no início do século XX. O editor do famoso jornal italiano La Gazzeta dello Sport, Tullo Morgagni, percebeu o interesse de seu concorrente, o jornal Corriere della Sera, em lançar uma corrida de ciclismo.

Não foi nada fácil entrar nessa missão, mas o editor convenceu os diretores e o proprietário do jornal a lançar um grande evento ciclístico. O projeto do Giro d’Italia foi então planejado e programado para 13 de maio de 1909.

Mas como conseguir verba para realizar o evento e ainda premiar os atletas? Só o prêmio era de 25 mil libras e o jornal não tinha a mínima condição para isso. Mesmo assim, eles conseguiram. Recorreram a várias pessoas e, no fim, arrecadaram dinheiro de um cassino em San Reno, da Associação Ciclística Italiana, de uma firma de engenharia e, acreditem, do Corriere della Sera, seu grande concorrente!

Atualmente, aquela competição que teve ares de amadorismo é considerada o segundo torneio ciclístico por etapas mais importante do mundo! O Giro d’Italia faz parte da “santíssima trindade” das competições, junto da Vuelta a España e do Tour de France.

Os grandes vencedores

O primeiro Giro d’Itália reuniu cerca de 130 ciclistas e apenas 49 completaram o percurso com oito etapas, que totalizavam quase 2.500 km de prova. O vencedor da edição de abertura, que terminou em 30 de maio de 1909, foi Luigi Gana.

O Giro d’Italia percorre trechos de planície e de montanha e tem como principais vencedores de etapas os ciclistas Mario Cipollini, com 42 vitórias, e Alfredo Binda, com 41. Fora da Itália, os maiores vencedores são os belgas Eddy Merckx, com 25 triunfos, e Roger de Vlaeminck, com 22, além do espanhol Miguel Poblet, com 20 vitórias.

O Giro d’Italia 2017

Este ano, o Giro d’Italia chega à sua centésima edição! A primeira etapa se inicia na cidade de Alghero e vai até Olbia, em um percurso de 203 km. As duas cidades são localizadas na região da Sardenha.

O Giro d’Italia ainda passa em cidades bem conhecidas e importantes do país, como Cagliari, Messina, Reggio Calabria, Florença, Monza e termina em Milão.

Serão mais de 3.600 km percorridos, um pouco mais de 170 km por dia. Além disso, os ciclistas vão passar por seis etapas para corredores, oito fases de montanhas médias e cinco de montanhas altas.

Se você quer saber ainda mais sobre o Giro d’Italia, acesse o site oficial da competição e pesquise mais sobre essa importante prova. Não se esqueça de compartilhar este texto com seus amigos de bike! Até a próxima!