Entre os benefícios que o ciclismo traz para a saúde dos atletas, a prevenção de doenças talvez seja o mais impactante. Associado a um treinamento adequado, alimentação equilibrada e acompanhamento profissional, o esporte tem influência positiva em diversos sistemas do organismo: cardiovascular, imunológico, sanguíneo, entre outros. Isso dificulta o desenvolvimento de doenças e traz mais bem-estar para o ciclista.

Neste post, vamos explicar como o ciclismo ajuda na prevenção de doenças. Continue a leitura!

Combate a obesidade

Se o seu objetivo é perder peso, o ciclismo é uma ótima opção de exercício. Ao pedalar, sua taxa de metabolismo aumenta, o que auxilia no combate à obesidade. Estima-se que, em média, em uma hora de prática, você consiga eliminar cerca de 300 calorias.

Previne doenças cardiovasculares

Andar de bicicleta melhora a saúde do coração e da circulação sanguínea, o que ajuda a evitar doenças cardiovasculares.

O ciclismo também favorece o fortalecimento dos músculos do coração e a diminuir a pulsação no estado de repouso. Além disso, reduz os níveis de gordura na corrente sanguínea.

Lembrando que é preciso aliar a prática do esporte a uma dieta balanceada e saudável, com diversidade de nutrientes.

Melhora o tônus muscular

Uma das vantagens de andar de bicicleta é que os seus músculos da perna serão fortalecidos, o que melhora a função muscular gradualmente e evita a fadiga. Isso é ótimo para a mobilidade dos quadris e dos joelhos, tanto quando você estiver em treinamento, quanto para atividades banais do dia a dia. Aos poucos, você percebe melhorias nos músculos de toda a região dos membros inferiores: pernas, coxas, posterior de pernas e quadris.

Reduz os riscos de desenvolvimento do diabetes

Uma das causas do desenvolvimento do diabetes tipo 2 é o sedentarismo, isto é, a falta de exercícios físicos. Andar de bicicleta pode contribuir para que os níveis de açúcar na corrente sanguínea se mantenham estáveis. Isso diminui o risco de desenvolvimento dessa doença.

Vale lembrar que o ciclismo não cura o diabetes, então quem já possui essa condição deve procurar o tratamento adequado, com profissionais da área.

Auxilia na recuperação de lesões e na artrite

Como tem baixo impacto nas articulações do joelho e dos tornozelos, o ciclismo é um ótimo exercício para ajudar na recuperação de lesões ósseas.

Também auxilia na prevenção de osteoporose e osteoartrite. Além disso, com mais força muscular, a chance de quedas é menor, reduzindo os riscos de fraturas e luxações, por exemplo.

Contribui para a saúde mental

Pedalar, assim como outros exercícios físicos, favorece a síntese de endorfina, conhecido como o hormônio do bem-estar. Isso ajuda a evitar doenças relacionadas à saúde mental, como depressão, estresse, pânico e ansiedade. Lembre-se: sua saúde mental também é importante!

O ciclismo não só é eficaz na prevenção de doenças, como também é uma atividade muito prazerosa para quem quer espairecer, se divertir e se reconectar consigo mesmo. Quem treina com frequência tem maior qualidade de vida e consegue alcançar altos níveis de saúde e bem-estar.

O que você achou deste conteúdo? Tem alguma experiência para compartilhar? Conte para a gente nos comentários!