Aumentar seu desempenho como ciclista certamente é uma de suas prioridades, certo? Afinal, seja sozinho, seja competindo, não há nada melhor do que ver seus números e seu rendimento melhorando.

Fazer um bom treinamento de base, caprichar no reforço muscular, ter uma boa alimentação e usar os equipamentos adequados são práticas básicas, mas que fazem toda diferença quando você está sobre os pedais.

O vestuário também não pode ficar de fora, tamanha a influência que ele exerce sobre sua qualidade atlética. Levando isso em consideração, persiste uma dúvida que é recorrente entre os ciclistas: bermuda ou bretelle? Qual é melhor?

Se você se interessa pelo assunto e quer saber mais para performar com excelência, continue lendo o post!

Bermuda ou bretelle: quais são as principais diferenças?

Antes de tudo, é preciso saber que a roupa ideal para andar de bicicleta é o resultado de uma composição feita entre vários itens distintos. Em suma, deve-se considerar estes, que são indispensáveis:

  • um bom capacete, que se ajusta à sua cabeça;
  • shorts ou bretelle;
  • uma camisa justa, mas que não seja apertada;
  • bolsos para guardar objetos importantes;
  • um calçado que combine com seus objetivos.

Também é relevante frisar que as cores chamativas ajudam a ser visto. Para quem quer pedalar à noite, por exemplo, nunca é recomendado usar cores neutras ou escuras. 

Sabendo disso, é hora de conhecer os fatores que mais diferenciam as bermudas dos bretelles:

Bermuda

Uma bermuda para ciclismo é desenvolvida a fim de otimizar ao máximo o conforto do atleta. Nesse sentido, ela oferece uma sensação de maior comodidade para quem veste. 

Em comparação com os shorts convencionais, que não são desenvolvidos com essa finalidade, ela tende a tornar a experiência do ciclista muito mais agradável. Se você já pedalou longas distâncias com um desses, sabe o quão desconfortável pode ser. As assaduras e a irritação da pele são um claro indício disso. 

Outra característica notável é a facilidade para lavar, já que ela geralmente é produzida em tecidos que tornam o processo de lavagem menos trabalhoso. 

Bretelle

O bretelle tem um forro fixo, fato que ajuda bastante na adequação do seu corpo ao selim da bike, deixando-o mais ajustado. Peça única com alças que ficam sobre os ombros, ele é feito com o propósito de trazer ganhos para a performance.

Os tecidos utilizados em sua confecção geralmente são tecnológicos. Por isso, demandam um maior cuidado em relação ao armazenamento e à forma de lavar. 

Os “bib shorts”, como são chamados no exterior, precisam ser escolhidos a dedo, caso você opte por um deles. Afinal, os benefícios que eles prometem dependem muito do caimento no corpo. 

Bermuda ou bretelle: quais são os prós e contras?

Infelizmente, nem tudo na vida é perfeito. Por conta disso, antes de escolher qual acessório você utilizará, é preciso se atentar às vantagens e desvantagens de cada um deles. 

Lembre-se: não existe uma solução ideal! Existem alternativas que se encaixam melhor de acordo com as necessidades que você tem. Portanto, analise-as detidamente antes de comprar uma das opções, ok?

Bermuda

Prós

Os benefícios do shorts para ciclismo são:

  • é fácil de lavar;
  • tem um preço costumeiramente mais baixo;
  • conta com uma maior praticidade na hora de tirar;
  • não esquenta tanto o corpo.

Contras

Veja suas desvantagens:

  • não ajusta tão bem ao seu tamanho;
  • desce da posição;
  • pode deixar seu corpo à mostra;
  • pode apertar a barriga ou a cintura por causa do elástico.

Bretelle

Prós

Confira as vantagens de um bom bretelle:

  • fica estável no corpo;
  • mantém as assaduras bem longe de você;
  • tem um forro fixo, que não lhe deixa sentir dores nas regiões mais sensíveis.

Contras

Ele também tem alguns pontos fracos:

  • não é tão prático caso você precise ir ao banheiro;
  • as alças podem incomodar;
  • esquenta mais o corpo.

Como demonstrado, ficam claras as divergências entre ambas as opções. Ainda assim, é fundamental ressaltar que as roupas para ciclistas dificilmente seguem o mesmo padrão.

Ou seja, nada impede que você encontre por aí uma bermuda muito mais quente do que um bretelle. Isso acontece porque existem outros aspectos em jogo, como os materiais utilizados e a proposta do fabricante. 

Dessa forma, o comparativo leva em conta dados mais gerais, mas que estão sujeitos ao tipo de tecnologia usada na fabricação do produto, bem como à qualidade das marcas. 

Bermuda ou bretelle: qual escolher?

Caso a dúvida persista, mesmo após analisar as principais informações, pense nas seguintes perguntas:

  • quanto você está disposto a investir?
  • quais são suas prioridades?
  • em quais ocasiões você habitualmente pedala?

Para lhe ajudar a decidir, considere também:

Temperatura 

Dependendo da região que você mora e das épocas do ano nas quais prefere andar de bicicleta, a temperatura deve servir como peso na escolha. 

Pedalar no verão tende a combinar mais com a utilização de bermudas, já que elas são mais frescas. No entanto, existem bretelles que ajudam na transpiração. 

O frio, por outro lado, requer mais proteção, para que sua temperatura se mantenha e você não corra o risco de ter seu desempenho prejudicado. 

Distância 

Se você é fã do ciclismo de estrada ou adepto do mountain bike (MTB), precisa optar por um forro que se encaixe muito bem em suas dimensões. Do contrário, é bem provável que você sofra com alguma assadura. 

Não se deixe enganar pela grossura ou “fofura” dos forros que encontrar, porque isso não necessariamente implica em mais conforto para sua pedalada. Alguns permitem ajuste ergonômico e, acredite, isso pode salvar seu cicloturismo de irritações bastante desagradáveis. 

Performance

Performar melhor é uma exigência incontestável para quem gosta de competir. Sendo assim, não hesite caso precise melhorar seus números na competição. Compre aquele item que resolve seu problema: mais ventilação, maior durabilidade, possibilidade de fazer ajustes na densidade, nenhum atrito etc.

Acessórios para bicicleta são desenvolvidos com o intuito de facilitar sua vida, proporcionando uma melhor experiência sobre as duas rodas. 

Desse modo, independentemente de escolher bermuda ou bretelle, procure entender direito aquilo que você necessita e achar a relação custo-benefício que resolve seus anseios sem agredir seu bolso.

E aí, gostou deste post? Que tal ter acesso aos nossos conteúdos diretamente em seu e-mail? Assine a nossa newsletter gratuita e receba mais informações!