IMPORTANTE: atente-se que o texto dessa pauta não deve ser postado automaticamente pela funcionalidade da plataforma. Você deve atualizar o texto já postado (no link acima) com o novo conteúdo, sem mudar o link. Qualquer dúvida, só dizer nos comentários ou pelo chat da plataforma.

Um desempenho favorável sobre uma bike depende muito das peças. E escolher uma bicicleta adequada às necessidades do ciclista — que suportem trilhas pesadas ou que apresentem rapidez, leveza e boa aerodinâmica, por exemplo — é essencial na prática do esporte.

Se você está à procura de uma, é interessante conhecer as melhores marcas de bicicleta existentes no mercado. Neste post, você vai conhecer 6 marcas de alta performance, que são o sonho de consumo de qualquer ciclista! Vamos lá?

1. Specialized

Uma das principais marcas de bike do mundo. Original da Califórnia (EUA), tem quadros ousados e componentes de primeira linha. 

As bicicletas da Specialized são feitas na medida para os amantes de MTB e Road, com materiais que justificam o sucesso da empresa desde 1974. 

Vale investir na Stumpjumper FSR 6Fattie, modelo com equilíbrio perfeito e manuseio suave. Tem alto suporte de impacto e segurança na suspensão. Além das tradicionais linhas Tarmac e Venge.

2. Trek

Referência mundial na fabricação de bicicletas de alto desempenho. E quando o assunto é tecnologia, a Trek também se destaca muito no mercado.

As novidades da marca são inovações para melhorar a comodidade dos ciclistas, como a Stache 29, feita exclusivamente no tamanho plus. A geometria compacta também garante maior estabilidade e desempenho.

Além dos modelos de Road Bikes, que tem como destaque a nova série da Madone, com quadro aerodinâmico, sistema isospeed e guidão-avanço integrado.

3. Giant

Trata-se da maior fabricante de bicicletas do mundo. As bikes têm ótima qualidade e alguns modelos têm preços mais acessíveis em comparação a outras marcas top de linha.

O destaque de 2016 foi a Anthem Advanced 27,5”. O sistema de suspensão Maestro tem 100 mm de curso e geometria totalmente ligada aos apaixonados pelo cross country.

Com amortecedor traseiro, é produzida em fibra de carbono e tem excelente performance da relação SRAM XX1. O design moderno e arrojado também é um diferencial.

Nas roads, destaque para a Propel, que é o modelo aeroroad da marca. Faz sucesso na Equipe Giant Alpecin!

4. Scott

Marca suíça também muito conceituada no Brasil. A especialidade da Scott são os modelos MTB.

Em 2016, a Spark 700 Ultimate chamou a atenção. Os amortecedores têm acionamento eletrônico em ambas extremidades, sendo um grande diferencial em relação às marcas concorrentes.

Vem com kit Shimano XTR Di2 de 2 x 11 velocidades e acabamento em carbono. É a marca de bikes menina dos olhos de muitos apaixonados por mountain bike.

5. Cannondale

A Bad Habit 1 é uma das grande linhas da Cannondale. Tem rodas 27,5” e geometria voltada para diversão.

A marca é norte-americana e conta com inúmeros modelos tanto para iniciantes como para esportistas de nível mais avançado.

Também tem preços mais acessíveis e pode ser encontrada em muitas lojas especializadas aqui no Brasil. É uma boa recomendação para quem está começando a pedalar, principalmente com kits acima de Shimano Altus.

6. Pinarello

Especialista em road bikes, é uma das marcas de bike que apresenta bicicletas com excelente desempenho. O ponto negativo são os preços, mais elevados.

Mas os valores têm razão de ser: as bikes da Pinarello têm aerodinâmica formidável, quadros com fabricação muito exclusiva e toda a tradição da marca italiana.

Quais erros evitar ao comprar uma bicicleta?

Independentemente da marca de bicicleta que você escolher, tenha em mente que uma série de erros precisa ser evitada no ato da compra. Afinal, você quer um produto de qualidade, certo?

Fique atento, portanto, àquilo que está comprando. Não se deixe levar apenas pelas aparências ou pelos recursos tecnológicos da bike, já que é fundamental escolher algo que também se encaixa às necessidades que você tem como ciclista, seja você amador, seja experiente.

Confira, logo abaixo, os principais detalhes para levar em consideração e fazer uma aquisição que seja perfeita para você!

1. Comprar a bike em um supermercado

Por mais que você não esteja, necessariamente, atrás daquilo que há de mais recente nas tendências do ciclismo, fuja, a todo custo, das bikes que são vendidas em supermercados.

Embora possam aparentar alguma qualidade, elas geralmente têm tamanhos padronizados e, como tudo que é padronizado, não se adequará às medidas do seu corpo, prejudicando não só o seu desempenho, mas também implicando um maior risco de lesão.

Assim, dê sempre preferência às lojas especializadas, que sirvam como referência no segmento. Elas dominam o assunto e podem oferecer muito mais em termos de personalização, suporte, qualidade no atendimento e nos produtos.

2. Comprar bicicleta sem a medida correta

Como já dito no tópico anterior, as medidas e o peso têm uma grande influência na performance do ciclista. Desse modo, se você é um iniciante, por exemplo, faz mais sentido que a sua bike tenha uma distância mais longa entre os eixos, pois, caso você caia, ela absorverá melhor o impacto.

As dimensões do seu corpo também devem ser consideradas no ato da compra, principalmente por conta da adequação do quadro. Se o seu objetivo principal é pedalar longas distâncias, saiba que um quadro desproporcional, ainda que minimamente, causará desconfortos terríveis.

3. Não considerar a competição

Você deve ter percebido, no começo do artigo, que as marcas ofertam modelos variados, que servem para competições distintas. Ou seja, bicicletas para enduro contêm peças para obter um alto rendimento em quesitos (resistência e força) inerentes a esse molde competitivo.

Isso quer dizer que, antes de fazer a aquisição, é recomendável ponderar sobre seus objetivos. Essa noção também vale para os amadores, tendo em vista que o cicloturismo, por exemplo, requer uma gama de habilidades diferentes de quem é aficionado por speed.

4. Não tirar as dúvidas

Uma boa resposta é, antes de tudo, o resultado de uma pergunta eficiente, não é mesmo? Ao comprar sua bike, não se esqueça de se informar a respeito de todos os detalhes que você precisa saber sobre ela.

Certifique-se de que ela corresponde aos seus desejos como praticante do ciclismo, teste as medidas, verifique as garantias, informe-se sobre o suporte oferecido pela loja e tire todas as dúvidas que surgirem enquanto você procura pelo equipamento dos seus sonhos. Afinal, é melhor perguntar tudo antes do que ter maiores dores de cabeça no futuro, certo?

Como você pôde perceber, existem várias marcas de bicicleta disponíveis no mercado e que podem atender às diversas necessidades do ciclista. Mas, independentemente da sua escolha, lembre-se de que é importante investir em marcas consolidadas, que tenham peças de qualidade, principalmente se você estiver iniciando na prática.

Fuja, também, dos erros comuns que listamos acima. Somente dessa forma você poderá fazer um investimento adequado às suas pretensões e pedalar tranquilo por aí.

Se você gostou deste texto, deixe seu comentário e compartilhe com a gente suas dúvidas e/ou sugestões!