Muitos ciclistas têm o hábito de pedalar à noite, por opção ou por necessidade. Nesse período, o ar já está menos poluído e os barulhos costumam ser menores, tanto na cidade quanto nas trilhas.

Mas, apesar de ser um bom momento para pedalar, é preciso tomar certos cuidados, que vão desde a atenção redobrada até o uso de equipamentos adequados para as condições noturnas. 

Neste post, você saberá exatamente quais cuidados são indispensáveis para pedalar à noite. Siga as orientações!

1. Ficar atento aos principais riscos de pedalar à noite

No período noturno, os ciclistas precisam ficar atentos aos perigos mais comuns. Em primeiro lugar, é mais difícil enxergar algum obstáculo, como pedras, buracos e até mesmo pedestres!

Outro fator importante envolve o cuidado que deve ser tomado no trânsito das cidades. Infelizmente, ainda acontecem muitos acidentes com ciclistas e eles tendem a acontecer mais à noite. 

Para evitar esses problemas e se prevenir, é importantíssimo usar farol noturno na sua bike. Isso faz com que o ciclista seja visto com mais facilidade, tanto em trilhas quanto na cidade. 

2. Utilizar acessórios de sinalização 

Antes de qualquer coisa, é importante salientar que a sinalização é recomendada até mesmo durante o dia. Quem pedala, principalmente à noite, por exemplo, precisa utilizar roupas chamativas, com faixas reflexivas. 

Até mesmo em algumas provas de ciclismo, o uso de colete reflexivo é obrigatório! As fitas reflexivas também podem ser usadas em capacetes e na própria bicicleta. 

3. Usar acessórios de iluminação para pedalar à noite

Hoje, a tecnologia também facilita muito, com acessórios eletrônicos como braçadeiras de LED e os headlamps, que são faróis próprios para capacetes.

No Brasil, as leis obrigam as bicicletas a usarem refletores nas laterais, na dianteira e na traseira. Mas o ideal é usar uma luz vermelha intermitente atrás da bike, porque os refletores costumam não ser muito visíveis. 

4. Lembrar-se dos equipamentos de segurança

Além de fitas e coletes refletores, alguns equipamentos de segurança também são essenciais. Eles vão te proteger e prevenir contratempos, principalmente à noite. Confira quais são:

Capacete

O principal equipamento de segurança para um ciclista é o capacete. Seu uso é mais do que recomendado para evitar as chances de traumatismo craniano em quedas, por exemplo. 

Como já foi falado antes, em alguns capacetes, ainda é possível instalar headlamps. Assim, o equipamento te dá, além de segurança, a iluminação necessária para identificar obstáculos na pista ou na trilha. 

Luvas

As luvas também protegem suas mãos de quedas e também do apoio na manopla depois de muito tempo de pedalada. Em períodos mais frios, elas também são ótimas, pois ajudam a “cortar” o vento gelado e evitar que suas mãos endureçam e dificultem o uso dos freios. 

Óculos para ciclistas

Os óculos são essenciais para todo ciclista, tanto durante o dia quanto à noite. Eles protegem os olhos de poeiras, de outras partículas e também do vento. Existem até mesmo alguns modelos criados especialmente para pedaladas noturnas. 

5. Atentar-se para as paradas em locais movimentados para reparos

Em situações em que necessitar de reparos na bike ou então de uma parada para se alimentar e descansar um pouco, tenha cuidado! Se estiver pedalando à noite, opte por fazer essas paradas em locais iluminados e mais movimentados. Durante a noite, o perigo aumenta e todo o cuidado com a segurança é pouco. 

Se você já pedala ou quer pedalar à noite, não pode deixar de se atentar a esses cuidados essenciais. A segurança precisa vir em primeiro lugar, seja no ciclismo ou em qualquer outro esporte!  

Agora que você já aprendeu a pedalar à noite, que tal saber como se preparar para pedalar longas distâncias?